SINJUR lamenta a morte do genitor de nossa Diretora Jurídica

0

Em nome de todos os filiados, a Presidente do SINJUR, Gislaine Caldeira, e demais diretores, se solidarizam com a nossa Diretora Jurídica, Galdiana Santos, pelo falecimento de seu genitor, Sr. José Galdino (66 anos), ocorrido nesta sexta-feita, dia 08, em Porto Velho. O senhor Galdino estava internado há alguns dias, acometido pelo mal que assola o mundo, lutava pela vida, mas hoje o vírus o venceu.

Tendo o pai como referência no sindicalismo e pessoa que durante a vida combateu em muitas lutas, nossa Diretora, há poucos dias, diante da decisão de tomar posse de forma presencial ou não, compartilhou o seguinte desabafo: “hoje (01/01/2021), a nova Diretoria do Sinjur tomou posse e a partir de agora assumo o papel de Diretora Jurídica ao lado de pessoas que já aprendi a admirar. Não é um momento pessoal fácil, como todos sabem meu pai está na UTI, em coma. Porém esse também é um sonho dele. Dias antes do meu pai adoecer ele me mandou um áudio me dizendo: voa, minha filha. Força, minha guerreira. No auge desse sofrimento todo, largar tudo me veio à mente várias vezes, mas eu não poderia deixar de dar mais esse orgulho ao meu querido pai. Meu pai sempre foi sindicalista, aguerrido às lutas, chegou a ser Presidente fundador do Sinpfetro. Hoje ele, se estivesse em sua perfeita saúde estaria aqui me aplaudindo e orgulhoso. Me ver nesse lugar fazia os olhos dele brilharem. Hoje ele não está. Hoje não ganharei um abraço dele. Nunca passei dias tão doloridos e aprendi o que é ser resiliente. Por vezes, eu só queria acordar e ver que essa não é a realidade. Essa força inexplicável vem de Deus. Eu não me dou ao direito de desistir tendo como pai o Seu José Galdino, um vencedor”.

Neste momento ratificamos  nossos votos de pesar e solidariedade, oferecendo nosso abraço e nossa compaixão pela sua dor e de seus familiares, deixando nossas mais sinceras condolências, desejando consolo e fortalecimento aos corações enlutados.