Sinjur avalia providência sobre fracionamento da recomposição salarial dos servidores

0

O Sindicato dos Trabalhadores avalia quais providências poderão ser tomadas a partir da decisão do Poder Judiciário em fracionar a recomposição salarial, com 2% em Outubro e 1,75%, no mês de janeiro (ainda para avaliação).

A atitude da administração, em descumprimento ao percentual já orçado para este ano, de 4% será motivo de reunião extraordinária de Diretoria nesta segunda-feira, 17, para deliberações de como a categoria deve se portar diante de mais esse desrespeito aos direitos dos trabalhadores por parte da administração.

A recomposição salarial é devida anualmente aos trabalhadores, no patamar, mínimo, do índice inflacionário. De acordo com a Diretoria, informações orçamentárias dão conta de que há um superávit de arrecadação no Estado, o que poderia cobrir as despesas necessárias à recomposição.