SINJUR apoia servidores que inovam como empreendedores para driblar a crise

0

A pandemia do novo coronavírus, além do rastro que vem deixando de mortes e dor, tem causado também enormes prejuízos na vida das famílias rondonienses, sobretudo aquelas que não têm renda fixa e/ou recursos suficientes para seu sustento, e precisam usar da criatividade para complementar o orçamento familiar.

No enfrentamento da moléstia, as medidas de contenção baixadas pelas autoridades sanitárias têm sido duras, e forçaram muitos brasileiros a se reinventar, criando novas formas de ganhar dinheiro.

Como todos sabem, a ordem é de isolamento, mas o fato é que as contas se multiplicam, os boletos chegam com data de vencimento marcada, e tudo impacta na renda, virando uma grande “bola de neve”.

Nessa quadra triste, muita gente perdeu o emprego e autônomos, empresas, freelancers e tantas outras pessoas acabaram tendo que se virar para não passar fome.

No âmbito do Poder Judiciário de Rondônia, alguns funcionários, cotistas em empresas do ramo alimentar, se animaram e, para driblar a crise, usaram a criatividade para abrir seu próprio negócio, transformando-se rapidamente em “cases” de sucesso.

O SINJUR destaca aqui dois dos casos de colegas microempreendedores que estão triunfando no enfrentamento da pandemia: “Point dos Assados” que oferece refeições saborosas com cardápio variado e requinte para agradar seus clientes.

Também nessa mesma linha, segue a lanchonete “Boi no Ponto”, com um delicioso cardápio, criativo e de bom gosto.

Com objetivo de fortalecer e apoiar estes colegas na melhoraria de sua renda e motivação, o Sinjur concita todos os servidores a experimentar, no sistema de delivery, o alimento saudável e saboroso oferecido por eles, incentivando assim suas inovações produtivas a ganhar estabilidade, crescimento e lucro.

Confira aqui o cardápio e os telefones para fazer seus pedidos e receber em casa seus pratos prediletos:

POINT DOS ASSADOS

 

LANCHONETE BOI NO PONTO