Nota do Sinjur sobre a jornada de seis horas por dia

0

A Jornada de 6h por dia não é um privilégio, é um direito exercido diariamente por grande parte dos cerca de 40 mil servidores públicos dos poderes Executivo e Legislativo, no Estado de Rondônia. Profissionais honrados e que desempenham suas atividades, regularmente, até as 13h30, nos mais variados órgãos públicos, excetuados serviços especiais. No Poder Judiciário de Rondônia, o regime de trabalho é de 7h (para quem não tem cargo) e 8h (para ocupantes de funções gratificadas e cargos em comissão), no Tribunal e fóruns de Porto Velho e nas demais comarcas rondonienses.

O horário de funcionamento no TJRO, passível de diversas críticas, é de 7h às 13h e das 16h às 18h, com um segundo turno deveras improdutivo, que onera os recursos públicos com o pagamento em dobro de auxílio-transporte e o consumo de energia elétrica e água estendido. Hoje o Judiciário funciona, em grande parte, com programas de computador que podem ser conectados de qualquer lugar, ampliando o acesso aos serviços da Justiça. Um Estado Digital que se avizinha, moderno, sem papel, com eficiência e transparência, precisa remodelar suas relações de trabalho e, na medida do possível, para determinados tipos de atuação, abreviar o tempo total de jornada, em função de um ganho em produtividade, engajamento e motivação profissionais.

Não é querer trabalhar menos, é querer trabalhar melhor, atender mais, ser mais eficiente e produtivo. Retributivo e colaborativo com a sociedade.  O que nós queremos é transformar o edificante serviço de organização e funcionamento da Justiça numa atividade mais próxima da necessidade das pessoas e que seja capaz de proporcionar benefícios a todos: cidadãos, que necessitam da resposta rápida e justa; aos advogados, que ampliam sua atuação virtual a cada dia e podem dedicar mais tempo para atendimento de seus clientes, ao invés do cotidiano de andanças por cartórios e gabinetes; e aos servidores do Judiciário, pais e mães de família, pessoas comuns, que têm aspirações comuns aos servidores públicos estaduais de Rondônia e lutam pelo reconhecimento dessa importante reivindicação.

Sindicato dos Trabalhadores da Justiça de Rondônia – SINJUR

Leia também:

 

MANDE SUA SUGESTÃO DE AÇÃO QUE PODE AJUDAR NA LUTA PELA JORNADA DE SEIS HORAS POR DIA : safi@sinjur.org.br