Presidente do SINJUR participa de reunião em Brasília sobre a Transposição

0

O encontro reuniu representantes dos sindicatos e deputados da Bancada de Rondônia. A ida do presidente do SINJUR foi para tratar da transposição dos trabalhadores do Judiciário e também para estreitar e fortalecer essa luta que é a transposição.

 

 

As reuniões foram realizadas na segunda-feira (03) e na terça-feira (04). Primeiro foi feita uma reunião prévia com a Coordenadora daBancada, Deputada Marinha Raupp e com os deputados Marcos Rogério, Moreira Mendes e o Senador Valdir Raupp. Neste primeiro encontro os sindicalistas comentaram sobre o texto do Projeto de Lei (PL) com deputados presentes, foram feitas reivindicações sobre a deliberação de algumas providências por parte da bancada federal para assegurar a EC 60 e também foi realizado um estudo sobre o PL que foi encaminhado ao Congresso. Os sindicalistas juntamente com a bancada analisaram artigo por artigo, cada item, analisando todos os quesitos que possam ser prejudicial aos servidores de Rondônia.

 

A luta dos representantes dos sindicatos de Rondônia é quanto o PL que não contempla! De nenhuma forma, os poderes (TJ, ALE, MP E TCE), e nem de forma justa o Poder Executivo por isso se fez necessária essa reunião com a bancada para fazer todas as alterações necessárias no PL. À luta precisa ser conjunta para que os resultados sejam positivos e o mais breve possível.

 

Na Terça feira ainda em Brasília os sindicalistas se reuniram novamente com a Coordenadora da Bancada, na qual a Deputada Marinha Raupp se ateve a tratar primeiramente sobre como seria a estratégia para que a categoria alcance os objetivos, já que o PL se encontra na Câmara e alguns trâmites legislativos devem ser observados. Mediante essas reuniões foi possível ter maior conhecimento e entendimento de como está à situação e como será o desenrolar da implantação da Transposição daqui pra frente.

 

Ficou deliberado que os sindicatos irão apresentar um estudo das mudanças necessárias no PL do enquadramento, feito pela sua assessoria jurídica até a próxima sexta-feira (07), para dar maior embasamento às justificativas, e em seguida remeter o referido estudo para a bancada federal e posteriormente será marcada uma reunião com a Casa Civil e seus técnicos.

 

Participaram das reuniões os sindicalistas, Francisco Roque do SINJUR, Israel Borges da Comissão Intersindical, Itamar Ferreira, presidente da CUT (representando também o SINTERO e o SINDERON), Caio Marin do SINDSAÚDE, Hélio Bastos do SENGE, Ariosvaldo Oliveira do SINGEPERON e Paulo Durand do SINTRAER.