Pleno do TJRO aprova Reposição Salarial 2017

0

 

 

A votação foi acompanhada pela Diretoria do Sinjur, que agora aguarda o envio da mensagem do Poder Judiciário para a Assembleia Legislativa. “Foi dado mais um importante passo para que os trabalhadores do TJRO tenham a esperada reposição salarial. Segundo a Administração do TJRO a mensagem será enviada para a Assembleia, ainda nesta semana e assim que chegar a ALE, iremos novamente aos deputados pedir regime de urgência na aprovação da lei”, afirmou o Diretor de Finanças, Cristian Mar.

 

A reposição salarial será de 6% a partir do mês de junho e foi garantida em virtude do trabalho iniciado no ano passado através do envio do Projeto do Sinjur que fez parte da Proposta Orçamentária do TJRO deste ano.

 

Apesar de estarmos vivendo um momento de grande crise econômica no país, em que apresentam-se inúmeros desafios para toda a classe trabalhadora, na qual mais uma vez querem imputar aos trabalhadores a responsabilidade pelos desmandos que vem ocorrendo pelo país afora, é cristalino que essa reposição salarial é uma grande vitória e tem que ser muito comemorada. “Esta conquista é, sem dúvida nenhuma, a demonstração digna do empenho, compromisso e seriedade da Diretoria do Sinjur, evidenciando assim o amplo e eficiente trabalho realizado em prol de toda a categoria,” disse o Presidente do Sinjur, Francisco Roque.

Roque, agradeceu o empenho do Presidente do TJRO, Desembargador Sansão Saldanha, dos demais Desembargadores que compõe a Corte, bem como da equipe técnica do TJRO.

 

A Diretoria do Sinjur tem reivindicado também o cumprimento dos demais itens da Pauta Anual 2017. Alguns itens já foram atendidos e outros estão sendo analisados pela Administração do TJRO.