PEC 59/13: Fenajud faz avaliação positiva de audiência pública

0

Dirigentes da  Federação Nacional dos Servidores do Judiciário nos Estados- Fenajud, e representantes de sindicatos da base, fazem avaliação positiva da audiência pública que debateu a proposta de emenda à constituição PEC 59/13, nesta terça-feira(8). Para a Fenajud a discussão da matéria representou um avanço devido aos esclarecimentos feitos por seus representantes.

 

A PEC 59/13 que versa sobre a criação do Estatuto Único dos Servidores do Judiciário foi amplamente discutida na audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça – CCJ, do Senado Federal na manhã de ontem (9). Os argumentos da Fenajud, favoráveis à matéria, foram defendidos por seu diretor Jurídico, Wagner Ferreira, e pelo dep. Manoel Júnior (PMDB-PB), relator da proposta na Câmara dos Deputados Federal. Já o ponto de vista da Fenajufe (que tem posicionamento contrário à PEC 59/13) foram expostos por seus representantes.

 

Logo após à audiência, os diretores da Fenajud e representantes de sindicatos de sua base, que compareceram ao debate (mais de 20 Estados) reuniram-se na sede da entidade para uma avaliação da atividade e também para um planejamento das ações para os próximos dias.

 

O presidente da Fenajud, Valter Macedo, disse que foi cumprida mais uma atividade da PEC 59/13, através da audiência pública. Para ele, representa um avanço, devido à oportunidade de esclarecimento. “Pudemos esclarecer nosso ponto de vista e ouvir o contraditório por parte dos colegas federais, que talvez por não haver discutido antes a matéria, não entenderam a importância de se ter um estatuto nacional. Continuaremos a fazer este debate em todos os Estados. Inclusive, estamos abertos a dialogar com os servidores federais, para que possamos avançar e apagar as arestas que ainda possam existir”.

 

Encaminhamentos

A Fenajud convoca todos os servidores do Judiciário nos estados, para continuarem a luta em prol da PEC 59/13, pedindo apoio aos senadores de suas bases para a aprovação da matéria. Na oportunidade, o presidente da federação afirma: “ Continuaremos realizando as atividades semanais em Brasília”.

 

 

 

 

Fonte: FENAJUD