Orçamento 2015: Sinjur defende a priorização na valorização dos servidores

0

 

 

O Sinjur, representado pelo diretor de finanças da entidade, Chagas Teixeira, participou da Oficina de Priorização de Projetos 2015, ocorrida quinta-feira (03) no TJRO. A participação do sindicato nessas reuniões é para assegurar a valorização dos servidores.

 

Segundo a diretoria do sindicato, prioritariamente o orçamento do Tribunal deve ser voltado à valorização e humanização da gestão de pessoas, com maior valorização salarial, atualização de benefícios e melhoria nos locais e condições de trabalho.

 

A proposta dos servidores foi apresentada no mês de abril e se alinham aos macrodesafios estratégicos do Tribunal. No TJRO, são 10 esses macrodesafios, que se desdobram em iniciativas operacionais, com objetivos, metas e plano de ação definidos.

 

Todas as propostas apresentadas, incluindo as do Sinjur, serão avaliadas pelo comitê que indicará se as propostas selecionadas até aqui farão parte do orçamento do ano que vem. “Não defendemos nenhum absurdo e, considerando a predisposição da atual presidência do TJRO em ouvir e valorizar o servidor, acreditamos que nossas propostas serão aceitas pelo comitê gestor”, avalia o presidente do Sinjur, Francisco Roque.

 

 

 

Diretoria de Imprensa e Comunicação