SINJUR - Sindicato dos Servidores no Poder Judiciário do Estado de Rondônia Sinjur pede informações sobre remanejamentos orçamentários e datas de pagamentos

Sinjur pede informações sobre remanejamentos orçamentários e datas de pagamentos

0

Apesar de várias vezes, em reuniões, atos públicos e em vídeos, o Tribunal de Justiça afirmar que não havia possibilidade de risco ao pagamento dos salários e da segunda parcela do décimo terceiro salário, existe sim esse risco e, de acordo com votação realizada no Tribunal Pleno nesta segunda-feira, o TJRO busca fazer um remanejamento orçamentário das contas do Fundo de Aperfeiçoamento do Judiciário – FUJU (Fonte 101) para a fonte 100, rubrica utilizada para pagamento de pessoal. A votação, apertada, mostrou a divisão entre os desembargadores com relação a essa solução apresentada pela administração.

São inúmeras as cobranças, pedidos administrativos, reuniões e alertas feitos em atos públicos pelo Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário do Estado de Rondônia (Sinjur) cobrando o pagamento de verbas rescisórias dos trabalhadores aposentados, que foram iludidos à adesão ao Programa de Aposentadoria Incentivada (PAI) e ainda não receberam os recursos financeiros prometidos; além daqueles que o Tribunal quer obrigar a gozar licenças e férias vencidas para não pagar  a devida indenização pelas vezes que essas pessoas adiaram esses benefícios para continuar se dedicando ao trabalho no Judiciário. Sem licenças-prêmio indenizadas, pois sequer foi criada rubrica para esse fim no orçamento de 2018 do TJRO. Só no final do ano e após intensa manifestação dos trabalhadores por meio do Sindicato, é que começou a regularização dos pagamentos dos Adicionais de Qualificação Funcional (AQF’s), ainda sem previsão dos retroativos; entre tantas outras demandas. Tudo isso já nos indigna e causa revolta.

O repúdio, agora, veemente, é no sentido de que a situação com relação aos pagamentos dos salários de dezembro e a segunda metade do 13º deve ser esclarecida pelo Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, não só a todos os trabalhadores e suas famílias, mas à sociedade. Por isso o Sinjur protocolizou pedido de informação urgente ao TJRO sobre a questão, devido à incerteza resultante da sessão do Pleno, com prazo de 48h para resposta, para definição de medidas a serem adotadas em defesa dos trabalhadores.

Veja o número do SEI que pede informação sobre datas de pagamento do salário e 13º

 

 

Está registrado no SEI sob o número 0025701-06.2018.8.22.8000.

Veja também a íntegra do pedido feito pelo Sindicato