SINJUR - Sindicato dos Servidores no Poder Judiciário do Estado de Rondônia Creche da Vó Maria recebe 150 litros de leite doados por servidores do TJRO

Creche da Vó Maria recebe 150 litros de leite doados por servidores do TJRO

0

Entrega de donativos foi nesta quarta-feira, 5 de dezembro, Dia do Voluntário

Como parte das ações pela implantação da jornada de seis horas por dia no Poder Judiciário, o Sindicato da categoria realizou a entrega, nesta terça-feira, 5, de 150 litros de leite longa-vida para a Creche Aconchego da Vó Maria, que atende a mais de 100 crianças no bairro Lagoa, na zona Leste de Porto Velho. O leite foi doado pelos trabalhadores, que vestiram a camiseta da campanha e promoveram essa ação social.

A campanha foi lançada há menos de um mês, durante assembleia dos trabalhadores que discutiu as medidas para implantação da jornada de seis horas por dia, entre as quais, a adoção de ações de voluntariado e solidariedade, como o apoio dado à essa creche, que além de aconchego de vó, serve refeições, dá complementação escolar e atenção para todos que se achegam aos cuidados da Vó Maria.

A mobilização foi divulgada pelo site do Sinjur e pelas redes sociais. Uma camiseta com a logo em defesa da jornada de seis horas foi trocada por um litro de leite. A manifestação é em defesa desse direito dos trabalhadores, que são uma das raras categorias no Serviço Público de Rondônia que ainda não trabalham em horário corrido, como as secretarias dos Centro Político-Administrativo (CPA), que funcionam das 7h30 às 13h30.  Ao receber as doações, Vó Maria, mantenedora do projeto social, agradeceu aos doadores e se solidarizou com a categoria.

Valor social

Agregada a essa causa, por isonomia e mais qualidade de vida, para os servidores, e nos serviços, para os cidadãos, os trabalhadores, ao escolher o local da doação chamam a atenção da sociedade rondoniense para uma importante questão, que é a primeira infância. Segundo a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, “a conta é simples. Uma primeira infância com cuidados, amor, estímulo e interação pavimenta o caminho para que a criança aproveite todo seu potencial. Nasce um adulto mais saudável e equilibrado. E floresce uma sociedade com os mesmos valores”. Por isso valorizar e dar auxílio na manutenção de espaços como o da Vó Maria são um alerta para todos de que existe uma demanda social nesse aspecto. Caso não seja efetivado o cuidado necessário, as consequências podem ser sentidas no futuro.

Entre os muitos desafios, as pesquisas revelam que um deles é obter uma vaga na creche, visto que entre as mais vulneráveis, apenas 14% conseguem acesso. Ou até mesmo de ser prejudicado por políticas públicas que não colocam a criança de até 6 anos como prioridade.

Luta por igualdade

Para a presidente do Sinjur, Gislaine Caldeira, a mobilização e as ações sociais feitas pelos trabalhadores demonstram como são engajados e comprometidos os trabalhadores da Justiça. A presidente defende que o servidor público do TJRO tenha isonomia com relação aos demais servidores estaduais. Atualmente, além de aguardar o resultado do julgamento de ação direta de inconstitucionalidade movida pela Procuradoria do Estado no TJRO contra a EC 130/2018, o Sinjur mantém conversação com a Administração para análise de estudo técnico e projeto piloto para implantação da jornada de seis horas por dia.

Dia internacional do voluntário

Instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Dia Internacional do Voluntário é celebrado em 5 de dezembro, a data escolhida pelo Sinjur para fazer a entrega de leite e outros donativos arrecadados. Assim como a própria comandante do projeto, muitos voluntários atuam nesses projeto social, num ambiente de simplicidade e muito carinho. Para o Sinjur, representar os trabalhadores que fazem parte dessa doação é uma satisfação e ato simbólico de tudo aquilo que os profissionais do Judiciário ainda podem fazer pela sociedade, além do trabalho diário, a partir de uma jornada que proporcione o engajamento em questões sociais relevantes. A entrega da doação foi feita pelo diretor administrativo Ricardo Paraízo e pelo diretor de comunicação, Adriel Diniz, encerrou a primeira etapa da campanha na capital. A comarca de Buritis também realizou ação solidária.