Julgada procedente a ação das horas extras

0

Os trabalhadores do Poder Judiciário do Estado de Rondônia tiveram uma grande vitória nesta quinta-feira (09). Ao analisar o recurso de apelação impetrado pelo Sinjur, na ação ordinária 0001184-82.2012.8.22.0001, que requer pagamento da hora extra, pela hora a mais trabalhada durante o período de 26 meses (agosto de 2010 à outubro de 2012), quando vigorou o horário de sete horas ininterruptas da jornada de trabalho.

 

A decisão judicial, apesar de ter sido unânime, ainda cabe recurso, mas a diretoria sindical diz estar otimista, uma vez que a Constituição Federal estabelece que o horário de sete horas ininterruptas é inconstitucional.

 

“Esperamos que o Estado não recorra, pois a decisão foi unânime, e assim o servidor possa receber mais rapidamente esses recursos. Mas caso a PGE recorra para tribunais superiores, temos confiança que mais uma vez o trabalhador será vitorioso, pois já há decisões no mesmo sentido nas instâncias superiores”, acentua Francisco Roque, presidente do Sinjur.

 

 

 

Diretoria de Imprensa e Comunicação