Greve dos trabalhadores do Poder Judiciário é suspensa por 60 dias

0

Em assembleia geral extraordinária realizada na manhã desta sexta-feira (05), na sede do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário do Estado de Rondônia (Sinjur), a categoria decidiu paralisar a greve por 60 dias. O pedido foi feito na última quarta-feira (03) pelo presidente do Tribunal de Justiça de Rondônia, desembargador Roosevelt Queiroz.

 

O ponto divergente que não possibilitou o acordo anteriormente era o possível desconto dos 55 dias paralisados dos salários dos servidores que aderiram ao movimento. “O presidente disse que não tem dinheiro para dar nossa reposição salarial. Somente no final de agosto, quando ele terá uma previsão dos gastos para 2014 é que nos poderão dar um posicionamento. Diante disso, resolvemos conversar com a categoria e paralisar o movimento. Mas, é só uma paralisação temporária. Continuaremos a negociar com a presidência e a equipe técnica do TJRO. E alerto aos servidores que não haverá mais o desconto dos dias paralisados. Esse era o único ponto que não tinha possibilitado o acordo antes”, disse Francisco Roque, presidente do Sinjur.

 

O sindicato informa aos servidores que todos devem voltar normalmente aos seus postos de trabalho na segunda-feira, dia 08.

 

Diretoria de Imprensa e Comunicação