Diretoria do SINJUR participa em Brasília de ato público contra a PEC 32 da Reforma Administrativa

0

A Presidente do Sinjur – Gislaine Caldeira, em companhia do diretor financeiro da Entidade, Rafael Ricci, participaram na tarde desta terça-feira, 03, em Brasília, de ato público em nível nacional, promovido pelo Movimento Basta, contrário a Proposta de Emenda Constitucional – PEC 32, da Reforma Administrativa.

O evento reuniu centenas de entidades de Servidores de todas as esferas e Poderes e denuncia os malefícios da PEC 32 encaminhada pelo governo ao Congresso, em março de 2020.

A causa, objeto da passeata de hoje, marca tento memorável na luta contra a PEC-32 e une os setores público e privado, além de agregar entidades da segurança pública civil e militar, municipal estadual e federal.

O ato contou, também, com a participação da Fenajud – Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados, e com ela, todos os sindicatos da sua base.

EFEITOS DA PEC:

A PEC flexibiliza e terceiriza serviços essenciais, bem como concentra no Executivo, prerrogativas inúmeras por Decreto Autônomo, para mudar a estrutura da Administração Pública de acordo com sua vontade.

Para a presidente do Sinjur, a mobilização desta terça-feira, 03, foi um sucesso e representou um clamor das entidades chamando à própria sociedade para que reaja e se engaje nessa luta, dizendo “NÃO” à Reforma Administrativa.

Na opinião de Gislaine Caldeira, sua aprovação representará o sucateamento do serviço público, atraso na vida do país e seus efeitos danosos esfacelarão a esperança do cidadão por uma vida melhor.

Confira o vídeo:

Confira as fotos: