Diretoria do Sinjur e Assofjer reúnem-se com Oficiais de Justiça

0

 

As Diretorias do Sinjur e da Associação dos Oficiais de Justiça e Escrivães Judiciais do Estado de Rondônia – ASSOFJER, reuniram-se com um grupo de Oficiais de Justiça para debater questões de interesse da categoria.

 

O presidente do Sinjur, Francisco Roque, defendeu também maior estreitamento de relações e comunicação entre a categoria e o sindicato. “Também os representamos, ao litigarmos via sindicato, a luta se torna coletiva, ganhamos mais força e ninguém sofre represália individualmente”, salientou.

 

Um dos assuntos discutidos foi a questão da produtividade que é objeto de Pedido de Providências impetrado no CNJ por alguns Oficiais de Justiça. “A orientação que damos é que haja cautela e parcimônia nesse momento. No nosso ponto de vista o direito é certo, mas temos que saber como peticionar, para não correr o risco de acabar virando uma ação contra toda a categoria”, acentuou. Para Roque, primeiro, a questão deve ser tratada administrativamente e com muita cautela.

 

Roque lembrou ainda que, no que se refere a questões em favor dos trabalhadores, o Sinjur, por meio de sua Assessoria Jurídica, obteve ganho em 95% das causas.

 

“É preciso ter cuidado com o ajuizamento de ações de forma isolada. Segundo o presidente do sindicato, o ideal é que as ações judiciais partam da assessoria jurídica do Sinjur, o que, segundo ele, é até uma forma de resguardar o profissional.

 

Ficou ainda definido que haverá outras reuniões nas Comarcas do interior com os Oficiais de Justiça para ampliar o debater e construir uma pauta conjunta.

 

 

 

 

Diretoria de Imprensa e Comunicação