Boas práticas na gestão do Sinjur reduzem gastos e fortalecem a luta dos trabalhadores

0

 

O cuidado com o patrimônio sindical passa pela gestão adequada dos recursos que garantem as lutas e os serviços disponibilizados pelo Sindicato à categoria. Um relatório digital, com as ações dos primeiros 180 dias, foi divulgado nesta segunda-feira, 20, em reunião informativa no auditório do Tribunal de Justiça, em Porto Velho.

Nos primeiros seis meses da nova gestão do Sinjur, o Sindicato, que iniciou o ano com saldo deficitário nas contas e sem nenhum centavo no fundo de greve, já tem mais de 300 mil reais em caixa, e mantém regularidade dos depósitos no fundo. Além disso, os balancetes fiscais dos dois primeiros trimestres do ano foram publicados na página da Transparência do Sindicato, criada esse ano. No campo das lutas, há saldo positivo pelos direitos dos trabalhadores, como a recomposição salarial anual, num percentual total de 4% e a atividade constante para que sejam resolvidos processos judiciais importantes, como a transposição e horas-extras.

Numa longa e bem detalhada agenda de reivindicações, o Sinjur apresentou ao Tribunal de Justiça, ainda no primeiro semestre, diversas lutas justas e que devem ser apreciadas pela Administração para a composição do orçamento do Poder Judiciário para 2019. Exemplos dessas cobranças feitas pelo Sindicato está a recomposição salarial no patamar de 12,65%, como alternativa à desvalorização da remuneração do TJRO frente ao salário mínimo, num período de 8 anos, assim como às perdas inflacionarias desse período ainda não corrigidas. Reajuste dos auxílios, assim como a extensão do auxílio-saúde para os aposentados também foram requeridos. O represamento de pedidos feitos pelos servidores para recebimento de Adicionais de Qualificação e de Graduação é uma situação grave, inclusive já denunciada ao Conselho Nacional de Justiça, quando de inspeção realizada no Tribunal.

Agenda de Reivindicações – Sinjur entrega pedidos ao CNJ –  Sinjur defende trabalhadores em audiência pública  –  Clique e veja o vídeo

Mais direitos

Outra importante iniciativa foi a formação de grupo de trabalho sindical para elaboração de proposta para revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Salários, principalmente no tocante à correção das progressões funcionais dos servidores mais antigos. Esse estudo irá ajudar na busca pela revisão do PCCS. Outra conquista que merece ser pontuada, nesse aspecto é a volta de um representante do Sinjur na composição da Comissão de Progressão Funcional, ante à exclusão feita no início do ano, sem justificativa. Pontual, mas significativo também o reconhecimento pelo TJRO do direito à média de produtividade aos Oficiais de Justiça que adiram ao Programa de Aposentadoria Incentivada (PAI).

Para beneficiar quem está na ativa, o Sinjur conta consultoria especializada já para proceder estudo que balize um pedido sustentado e que atenda ao anseio da categoria para mudança na jornada de trabalho. Desta forma, o atendimento da jurisdição seria mais dinâmico e se proporcionaria mais qualidade de vida para o servidor e sua família. A defesa é de seis horas dia para todos.

Assembleias e reuniões

 

Colocar a casa em ordem exige democracia e participação. Por isso o Sistema Diretivo, composto por delegados das comarcas e diretores, já se reuniu duas vezes esse ano deliberando pela compra de um veículo zero quilômetro, Etios, no valor de R$ 48 mil, que atende à capital; pela realização do Baile do Servidor, providências no tocante aos processos judiciais, assim como pela nova identidade visual da entidade, que busca o fortalecimento da marca sindical. Vídeos e informativos foram divulgados grupos de mensagens e na página do Sindicato na internet, assim como nos perfis nas redes sociais.

Esse ano já foram realizadas duas assembleias-gerais ordinárias, uma para eleição do Conselho Fiscal e outra para escolha dos delegados sindicais e representantes de prédios. Aberta ao diálogo, a Diretoria já realizou reunião de quase todas as comarcas do Estado em 2018, assim como nos prédios da capital. No segundo semestre, mais visitas institucionais estão planejadas, desta vez com a companhia de serviços e palestras informativas para agregar conhecimento e comodidade aos filiados.

 

Melhoria nos hotéis

 

Para cumprir as normas da vigilância em saúde, foram adquiridos 23 cestos de lixo para os quartos e banheiros do hotel de trânsito, assim a aquisição de um berço para que os pais possam dar melhor conforto aos bebês que frequentam a hospedagem. São R$ 1.702 investidos. O agendamento de vagas também foi modernizado, com a disponibilização de sistema para que os leitos sejam reservados pelo próprio filiado, pela internet. Para garantir que a limpeza do ambiente seja feita com segurança, o Sinjur adquiriu Equipamento de Proteção Individual (EPI) para as funcionárias de limpeza, como óculos, pares meia e botas. Tantas melhorias sem aumentar os gastos ou mesmo onerar a entidade com hospedagem em hotéis particulares devido à lotação. Com a barragem de hospedagens em desconformidade com o Estatuto e o Regulamento, foi possível economizar recursos.

Foram adequadas as instalações físicas do hotel às exigências do Corpo de Bombeiros, como sinalização, luzes de emergência e extintores de incêndio. Também foi iniciada a regularização de documentação que estava em atraso,

Ações simples como o cuidado com as luzes e equipamentos eletroeletrônicos, a edição da Portaria 01, que regulou a utilização dos veículos da entidade, geraram economia nas contas de energia elétrica e no consumo de combustíveis, assim como readequação dos planos de telefonia e internet, numa média de 20% de economia nesses itens. Mesmo com redução de gastos, o atendimento foi recorde, cerca de 2,4 mil viagens realizadas no semestre, entre idas a rodoviárias, aeroportos, prédios públicos, farmácias, hospitais e clinicas em atendimento às necessidades dos hóspedes.

Mais informação

No campo da comunicação e relacionamento, o Sinjur participou do planejamento e apoia a Caminhada do Judiciário, em todas as edições e comarcas, com expressiva participação dos delegados sindicais. Arraial do Judiciário, Dia das Mães no TJRO também foram patrocinados pelo sindicato, assim como a celebração dos 28 anos do ECA, evento do Juizado da Infância. Foi criado o Serviço de Atenção ao Filiado (SAFI), que já conta com dezenas de participações, assim como a instalação de um sistema de gestão online que facilita a organização da entidade e dá mais transparência aos filiados.

O site do Sinjur ganhou mais conteúdo. Em seis meses foram publicadas 132 matérias com as mais diversas informações, que resultaram em 24.677 acessos. Os perfis do Youtube e Facebook foram reativados, com cerca de 3,5 mil (3,5k) visualizações e duas transmissões ao vivo. A maior audiência foi registrada na transmissão da reunião da transposição: 2,5k de visualizações.

No Youtube, foram 15 vídeos publicados em seis meses, mais do que os 11 que haviam sido publicados desde a criação do canal do Sinjur, há 5 anos

Em breve, com o recadastramento, serão criadas listas de distribuição de WhatsApp e e-mail, para difusão de notícias sobre a atuação sindical também por esses meios, além de publicação impressa com informações e formação sindical.

Sinistralidade

Reuniões constantes são realizadas para revisão das informações que compõem a sinistralidade dos planos de saúde, como a Unimed, resultados que impactam diretamente no reajuste anual do valor das mensalidades. Outra iniciativa nesse sentido é projeto Dicas Do Bem, veiculado na internet, com entrevistas de médicos e odontólogos, com objetivo de chamar a atenção da categoria para os cuidados com a saúde.

Gestao Sindical – Relatório Semestral-1-2018 (att20082018)

Leia também

Página da Transparência

Saldo no fundo de greve

Resumo das ações das horas extras

Plano de saúde do Sinjur tem menor valor entre sindicatos

Sindicato reunido por mais democracia

Presidente faz reunião com motoristas da capital

Oficiais de Justiça fazem reunião no Sinjur

Delegados Sindicais e Diretoria fazem reunião