ASSEMBLEIA QUE VOTOU O INDICATIVO DE READEQUAÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO PJ/RO

0

NOTA DO SINJUR

O Sindicato dos Trabalhadores no Poder Judiciário do Estado de Rondônia – SINJUR, depois de viver um passado turbulento, hoje saneado, com planejamento de suas ações executado com o apoio de seus filiados, cresce em prestígio junto à sua categoria e está em busca de novas metas.

Há uma soma de valores, egressos da própria instituição, que garantem o sucesso dos objetivos para o qual foi criado, por isso o SINJUR vai bem.

A prova desse prestígio conquistado com muito trabalho, zelo e dedicação, foi a presença maciça e histórica dos servidores na última assembleia realizada no dia 05/03, quando se discutiu e aprovou o indicativo de readequação da jornada de trabalho para 07 horas a serem cumpridas em turno único.

Agora, o SINJUR precisa consolidar essa meta junto ao Colegiado da Egrégia Corte, cuja discussão já obteve inclusive aquiescência do próprio presidente do Tribunal de Justiça, dizendo que os estudos referentes aos impactos positivos desta pretensão, são bem vindos.

Certamente que, quando o assunto for discutido no Pleno do TJ, é ponto pacífico que se levará em conta uma significativa redução de custos que poderá ser revertida na concessão de auxílio saúde para servidores e magistrados aposentados e o bem estar do servidor melhor motivado e com mais tempo para seu desenvolvimento pessoal e profissional.

É claro que no caminho de todas essas conquistas, vozes sinistras, que torcem pela volta do passado tenebroso, teimem em querer “melar” tudo o que se obteve até aqui em favor de uma melhor qualidade de vida de todos aqueles que, pelo seu talento e dedicação, constroem a justiça deste Estado.

A meta é ambiciosa diz a presidente Gislaine Caldeira, mas só vamos descansar quando aprovarmos este benefício que, por justiça, o servidor tem direito.

SEI 0019719-74.2019.8.22.8000