Aposentados do Judiciário fazem reunião no Sinjur

0

 

Pagamentos atrasados, extensão de auxílio saúde e união dos trabalhadores foram assuntos da pauta

Um momento de integração e de conhecimento. Os aposentados do Judiciário participaram de uma reunião no auditório do Sindicato os Trabalhadores no Poder Judiciário de Rondônia (Sinjur) para tratar de diversos assuntos, como os pagamentos de verbas atrasadas do Programa de Aposentadoria Incentivada (PAI), a extensão do auxílio-saúde para os inativos e o fortalecimento das lutas da categoria por meio da união dos trabalhadores, com encontro periódico na sede sindical e a criação de um espaço especial na sede sindical.

Cerca de 25 pessoas participaram da reunião, nesta quarta-feira, 13. Após um momento de descontração e harmonia, num café da manhã, na antessala do auditório, a reunião foi aberta pela presidente Gislaine Caldeira, que agradeceu ao diretor suplente do Sinjur, Antônio Leal, que é aposentado, pela organização da reunião. Ela expôs diversos pontos de luta e mostrou a determinação do Sindicato em lutar por esses direitos.

Um dos pontos principal foi a falta de pagamento das verbas do Programa de Aposentadoria Incentiva (PAI). Estou há mais de um ano esperando esse direito”, afirmou um trabalhador aposentado, que fez investimentos tendo em conta o que seria pago, conforme a lei estadual, e agora está em situação complicada devido ao não cumprimento daquilo que foi prometido aos servidores que aderiram ao programa.

Já com relação à extensão, o diretor Amauri Koike informou que foi realizado, em 2018, petição cobrando tal benefício, contudo, houve negativa por falta de previsão orçamentária. Em 2019 há essa previsão no orçamento, mas, por conta da Recomendação 31/2018, do CNJ, esse direito ainda não foi implementado, conforme informação repassada ao Sindicato.

Os aposentados formaram uma comissão para acompanhar as ações relativas a essa questão e atuar em coordenação com Sinjur para buscar a efetivação desse direito e de outros que estejam sendo preteridos pelo Judiciário.