14 de maio, 37 anos da posse da primeira turma de técnicos judiciário do TJRO

0

A década de 1980 ficou longe. Contudo, houve nessa década, precisamente no dia 14 de maio de 1984, um acontecimento histórico para o Estado de Rondônia; nesse dia auspicioso, tomou posse a primeira turma de técnicos judiciários aprovados no primeiro concurso realizado pelo Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJRO). O que não se sabia, era que naquele dia se iniciava uma verdadeira epopeia para os servidores e servidoras que abraçaram a missão de consolidar a atuação do Poder Judiciário rondoniense. Não foram dias fáceis (e quem disse que seria fácil?)

Instalações muito modestas, equipamentos quase rudimentares e outra série de dificuldades foram enfrentados com o entusiasmo que todos os novos servidores traziam consigo. E assim, a missão que foi imposta, essa foi cumprida. Como não lembrar as “aventuras dos oficiais de justiça nomeados por portaria (pois ainda não havia concurso para OJs), que cumpriram diligências em lugares inóspitos e perigosos como as ” fofocas” dos garimpos de ouro. Como esquecer as diligências em localidades onde não existiam estradas minimamente trafegáveis e em logradouros recém-desbravados e habitados?

Mas como afirma o Hino de Rondônia, … somos e (fomos) destemidos pioneiros! Assim, ao vermos hoje o Judiciário de Rondônia sendo agraciado com selo diamante, indiscutivelmente devemos enxergar o que foi feito pelos destemidos pioneiros. Afinal, toda obra tem um começo e foi exatamente há 37 anos que essa história de homens e mulheres que optam por uma carreira cheia de desafios começou. Com aquela turma de sonhadores, que colocaram a mão, o corpo, a mente e a juventude para a consolidação do caminho que hoje milhares trilham, com o merecimento e honradez.
Em nome do diretor de organização patrimonial do SINJUR, José Ricardo Paraízo, integrante da primeira turma de técnicos judiciários concursados, redemos nossas homenagens aos destemidos pioneiros do Serviço Público no Judiciário de Rondônia.